Veja quando São Paulo poderá contar com trio Luciano, Luan e Arboleda em 2022

Luciano foi baixa do São Paulo nos dois primeiros jogos do Paulistão. (Foto: Twitter do São Paulo)

O São Paulo não vem de um bom início de temporada, mas tem a esperança de contar, nos próximos dias, com “reforços” para o técnico Rogério Ceni. Pelo menos dois titulares absolutos estão fora de combate e, portanto, não podem ser utilizados pelo comandante. Lesionados desde o início da temporada, Luciano e Luan começaram a semana trabalhando no Reffis para recuperarem o condicionamento físico.

Técnico do São Paulo entende vaias e não garante Tiago Volpi como titular

“Ele vai fazer o time jogar bola”, Denílson rasga elogios a reforço tricolor

Luciano tem lesão na panturrillha esquerda desde a reapresentação do São Paulo no dia 10. Enquanto que Luan, que ainda não entrou em campo com Rogério Ceni, segue com dores musculares depois de perder os 13 jogos finais da temporada passada por conta de uma avulsão tendínea na coxa esquerda.

Paciência? São Paulo venceu menos da metade dos jogos após retorno de Rogério Ceni

Por conta disso, eles não estarão à disposição de Rogério Ceni para a partida de quinta-feira, em Bragança Paulista, contra o Red Bull Bragantino. Será o terceiro jogo do São Paulo no Paulistão e a tentativa da primeira vitória no campeonato, uma vez que o Tricolor perdeu do Guarani e empatou com o Ituano.

Enquanto isso, Robert Arboleda está com a Seleção do Equador no Peru, onde as seleções se enfrentarão na noite de amanhã, em Lima, pela partida que fechará a rodada 16 das Eliminatórias da Copa do Mundo. Arbo, no entanto, não tem sido titular nos últimos jogos. Então há a possibilidade dele, se tiver condições físicas, atuar pela primeira vez no ano contra o Massa Bruta. Tudo dependerá da avaliação de Rogério Ceni.

São Paulo ainda terá mais desfalques

Além dos jogadores citados, Igor Gomes e Talles Costa estão recuperados de Covid-19 e voltaram aos trabalhos nesta segunda-feira. De acordo com o repórter Eduardo Affonso, o São Paulo adota um protocolo de que os jogadores recuperados do novo coronavírus devem treinar os três primeiros dias com máscara.

Até pela questão física de terem perdido a reta final da pré-temporada, tanto Igor como Talles não devem viajar para Bragança no jogo de quinta-feira. A tendência é de que alguns jogadores sejam poupados por Rogério Ceni no rodízio que o treinador tem feito. Rafinha, Rigoni e Nikão, por exemplo, que começaram os dois jogos, podem descansar.