Escalações do São Paulo mostram quais são jogadores “intocáveis” na temporada

Rigoni está em branco no São Paulo desde outubro e sofre para atuar com consistência com Rogério Ceni. (Foto: Marcos Ribolli/GE)

Com dificuldade para fazer o time jogar no início de 2022, o São Paulo volta suas atenções para a partida de amanhã contra o Santo André no Morumbi, às 19 horas. O Tricolor tem problemas na escalação, mas o técnico Rogério Ceni, pelas três formações utilizadas durante a temporada, tem três jogadores que são intocáveis no time titular.

Crise nos bastidores do São Paulo apontam para incômodo do elenco e de funcionários do CT com técnico

A estratégia inicial do São Paulo é a de realizar rodízio no elenco no Paulistão para melhorar a questão física do grupo e também encontrar a formação ideal diante da chegada de cinco atletas. Porém, três jogadores têm sido colocados à parte da questão do revezamento: Gabriel Sara, Rigoni e Alisson.

Com Volpi em baixa, Jandrei terá nova oportunidade para assumir titularidade no São Paulo

“O time da sono”, Arnaldo Ribeiro desabafa e critica time e comissão do São Paulo

Os três atletas atuaram nos três jogos disputados pelo Tricolor na temporada até o momento: Guarani, Ituano e Red Bull Bragantino. O São Paulo acabou não vencendo nenhuma das partidas, mas teve esses jogadores sempre nas escalações titulares.

Gabriel Sara é visto como um jogador indispensável para o meio-campo desde o ano passado pela forma como dá ritmo ao time e também como muda de posição sem perder qualidade. A última característica também se aplica a Alisson, cuja versatilidade é tida como ponto forte, sem contar que tem atuado bem e sido um dos melhores do time em 2022.

Por fim, Emiliano Rigoni, que está no seu maior jejum de gols desde que chegou ao São Paulo no ano passado (13 jogos sem marcar), mas é uma das referências do ataque. Por isso, não tem sua saída do time titular cogitada. A questão física dos três jogadores frente ao grupo também é um fator que contribui para a utilização deles nos jogos.

São Paulo deverá ter trio novamente como titular amanhã

Os fatores listados acima devem pesar para Rogério Ceni escalar Gabriel Sara, Rigoni e Alisson novamente amanhã. Diferentemente do que é visto como característica, o único que não mudou de função nos três primeiros jogos foi Sara.

Rigoni já atuou mais por dentro como segundo atacante ou mesmo como falso nove. Enquanto que Alisson já foi meia pela direita e ponta pela esquerda. Os três devem estar no time que vai buscar a primeira vitória do São Paulo em 2022.

O time provável para ir a campo amanhã é o seguinte: Jandrei; Rafinha, Arboleda, Miranda e Reinaldo; Gabriel Neves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Alisson, Calleri e Rigoni.