Rodrigo Nestor coloca jogo no bolso, São Paulo classifica e quebra sequência de rival em 2022

Rodrigo Nestor é baixa para jogo do São Paulo para Brasileirão. (Foto: Twitter da Copa Sul-Americana)

A noite do São Paulo na Copa Sul-Americana foi perfeita: vitória tranquila, moral para vários jogadores, classificação na Copa Sul-Americana e, de quebra, um recorde na temporada. O placar de 3 a 0 acabou sendo protocolar por tudo o que o Tricolor fez diante do Jorge Wilstermann, no Morumbi, pela quinta rodada do grupo E da competição.

Com aval de Rogério Ceni, goleiro titular na Libertadores é ventilado no São Paulo

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal para ter notícias sobre o São Paulo

Com a vitória, o Tricolor chega aos 13 pontos e não mais pode ser alcançado pelos seus adversários na competição. Por isso, garantiu vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. A próxima partida diante do Ayacucho será protocolar.

São Paulo encontra enorme facilidade, em partida com destaque para Rodrigo Nestor

A facilidade encontrada pelo Tricolor neste jogo contra o time boliviano foi comovente. Não havia pressão no portador da bola, mas liberdade total para Luizão e Gabriel Neves iniciarem as jogadas. Com tranquilidade, o São Paulo foi construindo jogo. Foram 79% de posse de bola em 45 minutos e um volume de jogo incrível.

Rodrigo Nestor acabou sendo o maior beneficiado da partida. Aparecendo no contrafluxo da defesa recheada, mas repleta de carências técnicas. O meio-campista infilitrou várias vezes e não demorou até abrir o placar. Jogada pela meia, finalização de chapa no canto para fazer 1 a 0 aos 5.

Antes dos 20, já estava 2 a 0. Desta vez, jogada pela direita. Rigoni rolou para Nikão ajeitar e bater rasteiro. Nestor, por baixo, cutucou de bico para ampliar o marcador.

As chances continuaram. Sempre com muita gente chegando à frente e inversões de bola entrando bastante no lado esquerdo, com Welington chegando livre para cruzar. Eder participou bem no pivô e quase ampliou. Poveda, porém, salvou a chance.

Segundo tempo arrastado, mas com gol de Patrick para fechar classificação do São Paulo

O segundo tempo do Tricolor não foi dos mais velozes. Mas nem precisava. O Jorge Wilstermann chegou a incomodar em finalizações de Vargas na trave e de Serginho para boa defesa de Thiago Couto.

Porém, o São Paulo fechou o jogo rapidamente. Logo no primeiro minuto, Rodrigo Nestor foi ao fundo pela direita, cruzou por baixo e Patrick, após corta-luz de Eder, fez mais um para o Tricolor.

Rogério Ceni fez algumas alterações para rodar o time, incluiu Igor Vinícius pelo lado direito e Luciano no ataque. O jogo ficou em banho-maria até o final. O Tricolor bateu o recorde do Palmeiras e alcançou a 11ª vitória seguida como mandante. Vai forte para o mata-mata da Copa Sul-Americana.

São Paulo x Jorge Wilstermann: Morumbi

São Paulo: Thiago Couto; Rafinha, Miranda, Luizão e Welington; Gabriel Neves, Rodrigo Nestor, Rigoni e Patrick; Nikão e Eder. Téc.: Rogério Ceni

Jorge Wilstermann: Poveda; Robson dos Santos, Echeverría, Rodríguez, Montero e Pérez; Morales, Castro e Áñez; Serginho e Osorio. Téc.: Sergio Migliaccio