Rodízio funciona? São Paulo tem elenco completo à disposição e começa semana decisiva

São Paulo tenta abrir vantagem no grupo da Copa Sul-Americana. (Foto: Twitter do São Paulo)

O torcedor do Sâo Paulo já está acostumado a ver uma escalação diferente a cada jogo da temporada em 2022. O rodízio promovido pelo técnico Rogério Ceni é visto como uma alternativa necessária num momento em que o time joga a cada três dias e por três competições diferentes.

Rogério Ceni se mostra otimista com futebol do São Paulo e resume expulsão: “Puta sacanagem”

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal para ter notícias sobre o São Paulo

O Tricolor tem à disposição o seu elenco inteiro para Ceni escalar conforme achar a melhor estratégia. A última partida na qual o São Paulo teve desfalque por lesão foi diante do Athletico Paranaense, na primeira rodada do Brasileirão. Desde então, o departamento médico está vazio, após os retornos de Gabriel Sara e Rodrigo Nestor. Os dois meio-campistas estavam com entorsees no tornozelo.

O jogo contra o Everton pela Sula e os duelos contra Flamengo, Juventude e Red Bull Bragantino contaram com times mexidos, opções de cortes por questão técnica e também nenhum desfalque na ala médica. O São Paulo tem, assim, encontrado uma perspectiva diferente da que viu no ano passado.

Isso porque, com Hernán Crespo, o Tricolor usou praticamente todas as forças na disputa do Campeonato Paulista. O time foi campeão, mas o ônus foi não ter uma vitória sequer nas nove primeiras rodadas, conviver com lesões a temporada inteira e ver a chance de não ser rebaixado ser confirmada apenas na penúltima rodada. Contra o Internacional, na 10ª rodada, a primeira vitória.

Em 2022, por outro lado, o time compete mais. É mais físico, mais disposto e capaz de competir dentro e fora de casa – embora os resultados longe do Morumbi sejam bem diferentes daqueles conquistados como mandante na temporada.

Prioridade do São Paulo é Brasileirão, mas vaga no mata-mata da Sul-Americana está encaminhada

O Tricolor estabeleceu, por critério de Rogério Ceni, a disputa do Brasileirão como a prioridade em 2022. O time quer a vaga na próxima Copa Libertadores via campeonato nacional e tem disputado a competição com a equipe principal.

Mas nesta semana o São Paulo pode dar um passo crucial rumo à classificação ao mata-mata da Copa Sul-Americana. Se vencer o Jorge Wilstermann, em Cochabamba, na quinta-feira, o Tricolor terá nove pontos e dois jogos no Morumbi para carimbar a passagem à próxima fase. Vale lembrar que só o líder de cada chave é que avança na competição.