São Paulo faz movimentação por Beraldo, mas ouve recusa de clube; diretoria tem preocupação para resolver

Beraldo pode deixar São Paulo na janela de transferências. (Foto: Twitter do São Paulo)

Acostumado a disputar títulos e ser considerado referência no futebol brasileiro, o São Paulo não tem vivido seus melhores anos. Passando pela pior crise financeira da história do clube, o tricolor paulista aposta muito na venda de jogadores da base para reforçar o caixa.

Clássico em Itaquera: Árbitro de Corinthians x São Paulo recebe punição da CBF e Tricolores comemoram

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal

Historicamente o time do Morumbi é conhecido como um dos clubes brasileiros que mais investe e revela talentos para o futebol mundial, como Antony, Casemiro e Éder Militão.

No atual plantel de Dorival Junior, nomes como Beraldo, Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Diego Costa, Welington, Rodriguinho e Luan são vistos como promessas de vendas futuras. Aliás, o técnico Tricolor pediu para que a diretoria não negociasse nenhum desses atletas, com o objetivo de manter um time qualificado e disputar títulos na temporada.

Um dos mais valorizados no atual elenco do São Paulo é Beraldo, O zagueiro de 19 anos já foi sondado pelo Wolverhampton, da Inglaterra, que estaria disposto e pagar 7 milhões de euros (aproximadamente R$ 37 milhões na cotação atual). O Clube do Morumbi considera o valor baixo, uma vez que tem apenas 60% dos direitos do jogador – o jogador tem 20% e o XV de Piracicaba os outros 20%.

São Paulo ouve não

Segundo informações de Thiago Fernandes, a diretoria são-paulina enxerga potencial no jovem e chegou a oferecer R$ 2 milhões para adquirir a parte do clube do interior, que recusou a proposta.

Caso algum time queira tirar Beraldo do Morumbi, a multa rescisória está entre 40 e 50 milhões de euros (entre R$ 212 e R$ 266 milhões). O zagueiro tem contrato com o São Paulo até 30 de junho de 2026.