Depois de Luciano, São Paulo avança em renovação de contrato de jovens da base

Rogério Ceni conversa com Igor Gomes em partida do São Paulo. (Foto: Twitter do São Paulo)

A semana pode ser de novidades do São Paulo em relação à extensão de contrato de jogadores da base de Cotia. Na semana passada, o Tricolor anunciou que estendeu o vínculo com Luciano até 2024 e agora o foco está em aumentar o vínculo de atletas que continuam sendo importantes dentro de campo. Casos de Diego Costa e Igor Gomes.

Redes sociais bombam com possível troca de jogadores entre São Paulo e Corinthians

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal para ter notícias sobre o São Paulo

Os dois atletas, criados pelo Tricolor na categoria de base, têm contratos válidos até o início do ano que vem. Então, a ideia é a de não só aumentar o vínculo como também a multa contratual para se defender de possíveis investidas do futebol europeu aos dois atletas.

São Paulo vai lucrar R$ 60 milhões com jogadores da base e pode receber caminhão de dinheiro com Antony

Autor de 165 jogos e 11 gols pelo clube, Igor Gomes tem contrato com o Tricolor até 31 de março de 2023. Enquanto que Diego Costa, com 67 partidas e três gols marcados, tem vínculo válido até abril do ano que vem. Apesar das negociações terem se iniciado há pouco, a esperança do clube é a de que a situação seja resolvida num futuro próximo.

Os atletas são dois ativos do São Paulo e vistos como jogadores com boa qualidade de render milhões ao clube no futuro. Por isso, renovar os contratos por um tempo mais longo é a contrapartida que o clube pode usar para conseguir um poder de barganha mais consistente.

São Paulo pretende vender jovens no meio do ano se receber propostas

Na temporada passada, o São Paulo optou por não vender seus jovens a fim de ter um retorno técnico dentro de cacmpo. Neste momento, no entanto, por conta do aumento das dívidas do clube, a intenção da diretoria é a de obter ganhos se chegarem propostas relevantes.

Igor Gomes e Rodrigo Nestor receberam sondagens recentes para saírem do Tricolor. O Dínamo de Kiev apareceu com um interesse forte, antes da guerra entre Rússia e Ucrânia se deflagrar, mas não ofereceu proposta.