Torcedor do São Paulo, Roberto Justus abre a carteira e SAF vira pauta no Morumbi

Torcedor do São Paulo, Roberto Justus vai investir em SAF. (Foto: Reprodução)

Um dos maiores empresários do Brasil, Roberto Justus é torcedor do São Paulo e vai abrir a carteira para investir no futebol. O modelo SAF, em que um investidor injeta dinheiro em um projeto esportivo no modelo em que o clube se transforma em uma empresa, ganhou espaço no futebol nacional desde o ano passado.

São Paulo se vinga de chapéu do Santos por Joaquim e paga na mesma moeda antes de San-São

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal para ter notícias sobre o São Paulo

Vários clubes já migraram para a SAF, ainda que em casos mais extremos isso tenha sido mais para salvar as equipes da falência: casos de Vasco, Botafogo e Cruzeiro. O Tricolor, por sua vez, está realizando um estudo para saber qual o valor de sua marca, enquanto o presidente são-paulino, Julio Casares, tenta diminuir a dívida para ter maior poder de barganha.

“Só não compro São Paulo porque não está à venda”, diz Justus

Em entrevista ao Flow, Justus se referiu ao São Paulo, seu time do coração, com muito entusiasmo e revelou que, ao lado de sua esposa, está muito perto de fechar a compra de um time no país. Após dizer que o negócio não é com o Tricolor nem na capital paulista, Roberto Justus disse que só não fez proposta ainda pelo clube porque não está à venda. Como se sabe, o estatuto do clube não permite que o time vire clube-empresa.

“Eu não vou comprar o São Paulo porque não está à venda, mas se tivesse eu montaria uma estrutura, como estamos para comprar esse time, que é um time importante do Brasil”, disse Justus, que concluiu ainda fazendo referência a Paulo Nobre, que colocou dinheiro do bolso para ajudar o Palmeiras em um momento difícil.

Com estudos avançados, o Coritiba deverá se tornar a mais nova SAF do futebol brasileiro. E Justus será o investidor. De acordo com o Diário Lance!, a Treecorp Investimentos, comandada pelo empresários, deverá assumir o comando em abril, mês em que começará o Brasileirão.