“Já separou até camisa”: Presidente do São Paulo ‘compra briga’ e irrita torcida nas redes sociais

Julio Casares está à frente do São Paulo. (Foto: Twitter do São Paulo)

Conhecido por aparecer em momentos inoportunos, o presidente do São Paulo comprou uma briga séria com a torcida na prévia do jogo contra o Sport no Morumbi. A partida vale uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, em que o Tricolor tem uma vantagem diante do Leão pela vitória na ida por 2 a 0.

“Chega para jogar com Calleri”: São Paulo anuncia experiente meia de 47 gols em três anos e meio

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal

O time são-paulino pode perder por um gol de diferença que mesmo assim chegará ao grupo dos oito melhores da competição, algo que seria vantajoso também na questão financeira. Segundo o regulamento da Copa do Brasil, quem chega às quartas de final garante R$ 4,3 milhões.

Presidente do São Paulo compra briga com torcida

Julio Casares, no entanto, eleitor de Jair Bolsonaro nas últimas duas eleições, deverá receber o ex-presidente Jair Bolsonaro no Morumbi “com honrarias” a convite do Governador paulista Tarcisio de Freitas.

Segundo informações de bastidores, Casares teria inclusive separado uma camisa para entregar a Bolsonaro antes do jogo desta noite. A informação, porém, não se confirmou. Ele estava de terno e sem o uniforme são-paulino.

Porém, nas redes sociais, as críticas são inúmeras. Houve protesto e muitos xingamentos inclusive a ele em sua chegada ao Morumbi. Isso porque o ex-presidente é torcedor do Palmeiras e já criticou os torcedores são-paulinos chamando-os de bambis. Abaixo você confere alguns posicionamentos da torcida do Tricolor: