São Paulo foi a 2ª opção? Dorival queria assinar em outro lugar após ser ‘chutado’ do Flamengo

Foto: Ricardo Rímoli/AGIF - Dorival falou sobre a situação atual envolvendo reforços.

Após ser demitido pelo Flamengo, mesmo que tenha vencido a Libertadores e Copa do Brasil em 2022, Dorival Júnior ficou um período desempregado, mas agora assinou contrato para substituir Ceni no São Paulo. A grande questão é que o treinador admitiu que tinha expectativa de assinar em outro lugar, uma espécie de sonho: a Seleção Brasileira.

Gabriel Neves e +3: quarteto do São Paulo pode ganhar moral com chegada de Dorival Júnior

Você conhece o YouTube do Nação Tricolor? Clique aqui e inscreva-se no canal para ter notícias sobre o São Paulo

Todo mundo na vida tem uma expectativa. Ela é natural não só pelas conquistas dos últimos campeonatos, mas na minha carreira. Me preparei para uma situação como essa. Peguei sete grandes equipes em zona de rebaixamento. Peguei equipes que não haviam passado por esse momento, e por outro lado conquistas importantes que fazem você passar a acreditar”, afirmou o técnico, que criticou a busca atual sempre por gringos.

“Para mim o futebol brasileiro sempre foi comandado por treinadores brasileiros, não há motivo para buscar treinadores de fora. Profissionais capacitados e que vivem em uma expectativa diferente do que se passa aí fora. Sempre tentando equiparar condições de trabalho lá fora e aqui dentro. Por isso que para mim o treinador brasileiro é preparado”, acrescentou.

Técnico do São Paulo reforçou que acha errado um estrangeiro na Seleção:

“A própria CBF chancela seu curso, então ela acredita que tem um material de qualidade a todos os profissionais. Se for ao contrário disso vamos chancelar que aquilo é ruim. É uma posição da CBF. Não tenho dúvidas de que aqui dentro tem pessoas qualificadas, mas cabe à CBF. A decisão é deles, finalizou.